11 de dezembro de 2009

Papachibé poraí

Um final de semana por mês, amasiado vem  para Curitiba participar de seu curso de especialização e, desta vez, eu que não sou besta nem nada, resolvi acompanhá-lo. É claro que eu não irei para a aula com ele (dãm!), o que quero mesmo é passear, bater perna e matar a saudade dessa cidade encantadora!


Lembro que estive aqui pela primeira vez, em 1993, para um congresso da faculdade. Vim de ônibus, de Belém a Curitiba. Pensa em uma bunda que ficou quadrada e em pés que mais pareciam sapos cururú da beira do rio, de tão inchados. Pensa, em uma papachibé que nunca tinha  sentido frio na vida, chegar nessa terra em pleno mês de julho. Pensa em uma cabuclinha do bairro do Marco ver tanta coisa linda de uma vez só.

Pois é, tenho muito para relembrar! Planos para amanhã (acabamos de chegar)? Apenas um: ir até centro, pegar a Jardineira e deixar a intuição me levar. Pena que está chuvendo. Mas quem disse que paraense tem medo de chuva?

Prometo fotos e mais posts depois!

13 comentários:

Edelize disse...

Ai que aperto no coração que me deu de pura saudades da minha cidadezinha! Aproveite bem! Acredita que nunca andei de jardineira, apesar de ter passado três meses em casa este ano! Bom passeio! Beijos!

Nade disse...

Ivana, mulher!
Sabe que eu também encarei essa viagem de ônibus, Belém-Curitiba, pra um Congresso da Universidade!!!
Sério!!!
A minha viagem de bunda quadrada foi em julho de 1999, auge do inverno. Pensa o que foi o povo paraense conhecendo o frio pela 1ª vez. Foi tudo novidade! Essa foi a única vez que fui a Curitiba, foram 7 dias, mas curti muito! Tive até um paquerinha paranaense nessa semana... rsrsrsrs... Paraense não perde tempo! hehehehe
Aproveita, queridona!!!
Bjs
Ah, mando meu endereço pro seu e-mail. Lembro que tenho que te mandar, mas não lembro porque... Maluquice de paraense também! hehehehe
Bjs

Elaine disse...

Ivana,
Eita que você tá viajadeira, hein? Outro dia tava em Belém e agora em Curitiba!
É bom? Sim, pergunto porque não gosto muito de viajar...até gostaria de ver as coisas e os lugares, mas dá uma preguicinha de encarar a viagem em si, entende?
Beijos, querida.

Beth/Lilás disse...

Querida,
Que delícia é poder estar assim, viajando, vendo o mundo e as gentes!
Eu também adoro!
Há tempos não vou à Curitiba, mas gosto muito desta cidade, tão organizada e limpa.
Só fiquei imaginando você, uma papachibé, chegando aí no frio, deve ter sido um choque, anafilático, claro! haha

Aproveita tudo, menina!

beijinhos cariocas


(Só tenha cuidado com os torcedores do Coritiba! hehe)

EDUARDO POISL disse...

É uma linda cidade!!!

"No fim tu hás de ver que as coisas
mais leves são as únicas que o vento
não conseguiu levar:
um estribilho antigo,
um carinho no momento preciso,
o folhear de um livro de poemas,
o cheiro que tinha um dia
o próprio vento"

(Mário Quintana)


Desejo um lindo final de semana com muito amor, paz e carinho.
Abraços com todo meu carinho.

Bel disse...

Invejaaaaa!!! Não pela cidade em si, nem pelos passeios, masss... Marido TAMBÉM ESTÁ AÍ, acredita? Ele foi a trabalho e eu não pude ir junto($$$, trabalho, filha chegando por aqui)! Humpf.

Bel disse...

Ah, mas mesmo com inveja, eu digo de coração: DIVIRTA-SE MUITO!!!
Bjo!

evipensieri disse...

Oi Ivana.

Curitiba é realmente muito bonita.
Faz temp que não vou até lá.

Bjs.
Elvira

Anunciação disse...

Curta bastante e bem.Felicidades.

Beth/Lilás disse...

Ivana meu bem!

Deixei respostinha lá no post.
Pega lá.
bjs cariocas

Georgia disse...

Ivana, entao você pode imaginar bem uma carioca chegando na Alemanha e enfrentando de cara 17 graus negativos;(
Somente o Amor mesmo para me esquentar, rs;)

Nossa, essa viagem demora mais do que eu ir para Brasil!
Mas eu conheco bem ficar sentada horas e horas. Já fiz o trajeto Rio de Janeiro X Recife para visitar meus avós duas vezes. Foram 2 dias e 2 noites. Haja Bunda!

Um beijo grande e uma linda semana prá você!

Mila Viegas disse...

É gostoso demais viajar né??? Linda foto!
beijos

Luciana Klopper disse...

Amiga, divirta se...vc merece!! te doro